fbpx
Comportamento

Dia Internacional do Cão-guia. Mais que especial, ele veio ao mundo para cuidar.

O Dia Internacional do tão amado Cão-guia é comemorado na última quarta-feira de abril. Segundo dados do IBGE, somente no Brasil existem mais de 6 milhões de pessoas com dificuldade para enxergar, e o Cão-guia tem um papel essencial na vida dessas pessoas, pois trazem mais segurança e agilidade aos deficientes visuais.

Os pets fazem parte da nossa vida e são muito adorados por todos nós. Uma última pesquisa do IBGE apontou que quase 49 milhões de casas possuem cães ou gatos, sendo um total de 139 milhões de bichinhos vivendo entre nós. Os cachorros dominam a lista, seguidos pelas aves, gatos, peixes, répteis e pequenos mamíferos. Com tanto amor assim, entendemos que eles não somente fazem parte da nossa rotina, mas também podem ajudar em uma série de atividades diárias de qualquer um, principalmente de pessoas com deficiência visual. Para essa necessidade específica, existe o Cão-guia, cachorro devidamente adestrado para ser um companheiro de quem não enxerga.

O Dia Internacional do tão amado Cão-guia é comemorado na última quarta-feira de abril. Segundo dados do IBGE, somente no Brasil existem mais de 6 milhões de pessoas com dificuldade para enxergar, e o Cão-guia tem um papel essencial na vida dessas pessoas, pois trazem mais segurança e agilidade aos deficientes visuais. Com o treinamento, o cão pode ajudar a atravessar ruas, desviar de buracos, auxiliar em descidas e até mesmo de galhos de árvores e outros obstáculos. As principais raças de Cão-Guia são o Pastor Alemão, o Labrador e o Golden Retriever.

No entanto, nem todas as pessoas com deficiência visual conseguem ter um companheiro desse. Para isso, é necessário ter no mínimo 18 anos, ser uma pessoa com deficiência visual e ter feito um Curso de Orientação e Mobilidade, para conseguir se comunicar com o animal da melhor forma possível. Com isso, a pessoa e o cão trabalham em dupla, e conseguem entender o melhor caminho a ser percorrido, sempre juntos.

Para quem precisa do Cão-guia, a lei garante que o animal possa permanecer com a pessoa em veículos, estabelecimentos públicos, privados e de uso coletivo.  

Conheça algumas curiosidades sobre este animal que ajuda tantas pessoas a seguir seus caminhos:

  • Por serem considerados os “olhos” de pessoas com deficiência visual, os cães-guia não devem ser distraídos por outras pessoas ou animais;
  • Os primeiros relatos de tentativas de treinar os cães são de 1780, na França;
  • Em Balneário Camboriú (SC), existe um centro de treinamento especializado em formar treinadores de cães-guia e instrutores para orientar o animal e a pessoa;
  • O custo para preparar e doar um animal é de cerca de R$ 35 mil;
  • Atualmente, existem cerca de 150 cães-guia no Brasil.  
Passo-a-passo do processo de adoção de um cão-guia

Ao pesquisar sobre quais instituições trabalham com a formação de cães-guia, é necessário preencher uma ficha cadastral para dar início ao processo. A pessoa, como falamos, precisa ter mais de 18 anos de idade, ter independência nos quesitos de orientação e mobilidade, disponibilidade de tempo e condições financeiras para manter o cachorro.  

A importância de conhecer - e se dar bem com - o animal  

Como a relação vai durar muitos anos, é necessário que a pessoa e o animal se gostem. Para isso, existe uma equipe que analisa o relacionamento entre os dois, para que ambos possam ser felizes nessa jornada. Questões como temperamento e rotina das duas personalidades são avaliados, para que eles possam ter muitas coisas em comum.  

Afinal, ele é um cachorro comum?

Sim, o Cão-guia é um cachorro normal, como qualquer outro. Ele continua tendo necessidades, distrações, fome e sede. Ele precisa, portanto, de carinho, comida, brincadeiras, lazer e momentos de relaxamento. Portanto, ao adotar um deles, é preciso entender que ele terá necessidades como qualquer outro animal.  

Aposentadoria

Sim, eles se aposentam! Afinal, todos nós temos que descansar um dia, certo? O período médio de trabalho de cães-guia varia entre sete e nove anos, sendo que alguns deles conseguem exercer suas atividades durante onze anos. Depois de encerrar seu período de trabalho, o cachorro é então substituído por outro, podendo ficar ou não na mesma família que esteve anteriormente.  

A S2 Pets é apaixonada por esses heróis que funcionam como os olhos de quem mais precisa! E aí, quer saber mais sobre o mundo dos pets? Acompanhe nossas novidades neste link.

assine nossa news

Cadastre-se e receba dicas e novidades sobre o mundo Pet. :)

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
matérias relacionadas

Como ensinar meu cãozinho a usar o tapete higiênico?

Entre as diversas responsabilidades dos tutores está a de educar. Seja educar para que os pets saibam o local de comida ou hora da brincadeira, há também a tarefa de ensinar o bichinho a fazer xixi e cocô no lugar certo. Sejam filhotes ou adultos, é possível ensiná-los. Se você enfrenta esse problema em casa, não se desespere! Confira as dicas para acabar com isso.

SAIBA MAIS

As 10 raças de cachorro mais inteligentes

Não é de hoje que os cães são super parceiros dos seres humanos – essa ligação aconteceu pela primeira vez há mais ou menos 15 mil anos, quando homens começaram a domesticar lobos, estabelecendo uma relação muito especial, com conexão profunda que evoluiu até os nossos tempos.

SAIBA MAIS

Dicas para gateiros de primeira viagem

Você está se sentindo sozinho e chegou à conclusão de que ter um gato é a melhor opção pra você? Ou sempre gostou de gatinhos e quer apenas completar a família com um bichano? Pois bem, esse texto vai te ajudar a ter todas as informações necessárias para a chegada do tão esperado peludo na sua vida. Dá uma olhada nas nossas dicas.

SAIBA MAIS

Cão e gato convivendo na mesma casa? Confira as dicas de como tornar essa convivência agradável

O primeiro contato é sempre uma surpresa: não sabemos quais serão as reações de nenhum deles, e a ansiedade pode gerar estresse nos bichinhos. Com um pouco de cuidado, atenção, dedicação e paciência, é possível fazer esse encontro se tornar em uma grande amizade entre os dois.

SAIBA MAIS
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2021 S2 PETS